Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Operação da PF prendeu ex-policial civil envolvido na Caixa de Pandora Deflagrada nesta quinta, operação mirou quadrilhas de atuação nacional.

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...



19/09/2013 13h24 - Atualizado em 19/09/2013 13h31

Operação da PF prendeu ex-policial civil envolvido na Caixa de Pandora

Deflagrada nesta quinta, operação mirou quadrilhas de atuação nacional.
Marcelo Toledo é acusado de ser operador do 'mensalão do DEM'.

Do G1, com informações da TV Globo em Brasília
Comente agora
O ex-policial civil e réu no processo que investiga o mensalão do DEM no governo do Distrito Federal, Marcelo Toledo, é um dos presos pela Polícia Federal em operação deflagrada nesta quinta-feira (19). O mensalão do DEM foi investigado pela operação Caixa de Pandora, da PF, que denunciou um esquema no governo José Roberto Arruda que, segundo a polícia, arrecadava dinheiro com empresas e distribuía entre os políticos do DF.
A operação desta quinta, batizada de Miquéias, não tem ligação com as investigações do mensalão no governo do DF. O objetivo da Miquéias é desarticular duas organizações criminosas com atuações distintas: uma envolvida em lavagem de dinheiro e a outra acusada de má gestão de recursos de entidades previdenciárias públicas. Os líderes das duas organizações ficavam no Distrtio Federal, segundo a polícia. 
A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de Toledo, considerado pela PF como um dos chefes de uma da organização criminosa. Ele saiu preso em um carro da polícia.
Outro líder do esquema, segundo o Ministério Público do DF, que também foi preso em Brasília nesta quinta é o doleiro Fayed Traboulsi. A polícia chegou cedo à casa dele no Lago Sul. Foram apreendidos documentos e revistados os carros da família.
Policiais civis
No sudoeste, foram presos os delegados da Polícia Civil Paulo César Barongeno e Sandra Maria da Silveira. Eles foram levados no carro dela.
De acordo com a Polícia Federal, os policiais civis presos em Brasília agiam passando informações aos criminosos para imepdir que eles fossem pegos nas investigações da polícia. Barongeno e Silveira já haviam sido presos em março, pela mesma acusação.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA