Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

DE NOVO, NA GLOBO, Assis 'usa' New Way e Clara Eventos APÓS SAIR NO FANTÁSTICO, escândalo sai no Bom Dia Brasil:deputado evitou falar

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...




TCU investiga piauiense - 04/09/2013 às 10h29

DE NOVO, NA GLOBO, Assis 'usa' New Way e Clara Eventos

APÓS SAIR NO FANTÁSTICO, escândalo sai no Bom Dia Brasil:deputado evitou falar


KangaçoTeresina
Laboratório Luiz Pires
Pax Uniao
Treinamento Galaxy
Assis Carvalho: mais um escândalo na Globo
Assis Carvalho: mais um escândalo na Globo
O deputado federal piauiense Assis Carvalho (PT) mais uma vez foi alvo de repercussão nacional negativa em nova reportagem feita pela Rede Globo. Depois de ter aparecido no programa Fantástico domingo passado, investigado pelo TCU, agora foi no programa Bom Dia Brasil, na manhã desta quarta-feira (04/09).
Assis é acusado de ter destinado verba de gabinete para endereços que não correspondem com o que seria destinado o dinheiro. No Fantástico, apareceu que ele destinou mais de R$ 50 mil para aluguel de veículos onde na verdade funciona uma padaria da zona Sul de Teresina, localizada no residencial Parque Sul, bairro Santo Antonio.
Desta vez, segundo a reportagem do Bom Dia Brasil, o parlamentar piauiense declarou como prestadores de serviço um buffet, chamado 'Clara Eventos', localizado no bairro Cristo Rei, zona Sul de Teresina, e uma empresa de cosméticos, a 'New Way', localizada no Centro da capital, como seu escritório de advocacia. Na matéria, uma senhora aparece, mas prefere não dar entrevista, e admite que tem autorização do deputado petista.
Empresa Clara Eventos aparece na matéria: Assis declara que mandou dinheiro como sua assessoria de imprensaEmpresa Clara Eventos aparece na matéria: Assis declara que mandou dinheiro como sua assessoria de imprensa
"O Bom Dia Brasil foi a outros dois prestadores de serviço do deputado, em Teresina. A assessoria de imprensa funciona em uma casa de eventos (Clara Eventos). Sem gravar, a dona disse que tem autorização para prestar fazer a assessoria. O escritório de advocacia fica em uma loja de cosméticos (New Way). Assis Carvalho foi procurado por nossa reportagem durante todo dia (desta terça-feira). Disse que ia gravar entrevista, mas, à noite acabou desistindo", diz trecho da reportagem do programa global.
Na exibição da reportagem na Globo, uma pessoa aparece e confirma que tem autorização de Assis CarvalhoNa exibição da reportagem na Globo, uma pessoa aparece e confirma que tem autorização de Assis Carvalho
Todo o esquema, de suposto desvio de verba parlamentar e que está sob investigação do Tribunal de Contas da União, é mostrado na matéria: "Outro homem, antigo agente de locação, faz uma outra denúncia. Em muitos casos, o valor cobrado pelo aluguel é uma espécie de financiamento que permite ao parlamentar ficar com o carro no fim do mandato: 'Normalmente coloca valor a mais para não dar problema. Se custa R$ 3 mil, eles colocam valor lá de R$ 5 mil, R$ 6 mil. A pessoa teve o lucro do carro dele que alugou e o locatário ficou com o carro. Não é muito complicado o procedimento'".
Empresa New Way Cosméticos também aparece na reportagem da Globo: é o seu escritório de advocaciaEmpresa New Way Cosméticos também aparece na reportagem da Globo: é o seu escritório de advocacia
CONFIRA A MATÉRIA, NA ÍNTEGRA:-Endereços de prestadores de serviço de deputados não correspondem-Bom Dia descobriu que empresa de locação de veículos funciona na casa do proprietário e um escritório de advocacia, em uma loja de cosméticos-Por Rita Yoshimine - Brasília, DF
O Supremo Tribunal Federal abriu inquérito para investigar se houve fraude no uso da verba de gabinete do deputado federal Jorge de Oliveira, o Zoinho, no aluguel de carros. O caso foi mostrado pelo Fantástico no último domingo (1). O Bom Dia Brasil traz novas denúncias. Há indícios de novas irregularidades.
Uma empresa de locação de veículos que atende a 23 deputados federais, funciona na casa do proprietário. A frota fica espalhada por Brasília. É em um endereço na cidade de Sobradinho, a 25 km de Brasília, que funciona a sede da ARL Barros. “Funciona aqui na minha casa. Inclusive tenho alvará de funcionamento. Tenho tudo”, justifica Parmênio Francisco Coelho Serra.
De 2010 para cá, a empresa prestou serviço para 23 deputados federais, que, juntos, gastaram mais de R$ 1,3 milhão com aluguel de carros. E onde estão os veículos?
“Está espalhada a frota, mas se você quiser, eu te levo te mostro alguns carros meus”, diz Parmênio.
Nossa equipe segue o empresário. Mas no meio do caminho, ele muda de ideia.
Outro homem, antigo agente de locação, faz uma outra denúncia. Em muitos casos, o valor cobrado pelo aluguel é uma espécie de financiamento que permite ao parlamentar ficar com o carro no fim do mandato: "Normalmente coloca valor a mais para não dar problema. Se custa R$ 3 mil, eles colocam valor lá de R$ 5 mil, R$ 6 mil. A pessoa teve o lucro do carro dele que alugou e o locatário ficou com o carro. Não é muito complicado o procedimento".
Suspeitas de irregularidades no aluguel de veículos por parlamentares foram mostradas Pelo Fantástico no último domingo (1). Vinte e um estão sendo investigados pelo Tribunal de Contas da União, que quer saber como está sendo usada a verba destinada para as atividades parlamentares.
A reportagem mostrou o caso do deputado Assis carvalho, do PT do Piauí. Entre março e julho de 2013, ele gastou R$ 50 mil com uma empresa de aluguel de carros, cujo endereço leva a uma padaria.
O Bom Dia Brasil foi a outros dois prestadores de serviço do deputado, em Teresina. A assessoria de imprensa funciona em uma casa de eventos. Sem gravar, a dona disse que tem autorização para prestar fazer a assessoria. O escritório de advocacia fica em uma loja de cosméticos.
Assis Carvalho foi procurado por nossa reportagem durante todo dia. Disse que ia gravar entrevista, mas, à noite acabou desistindo.
Outro deputado mostrado pelo Fantástico, Jorge de Oliveira, o Zoinho, também disse que faz tudo dentro da lei e que não fiscaliza onde funcionam as empresas contratadas por ele. A que aluga carros recebeu mais de R$ 40 mil. No endereço, existe uma ONG especializada na profissionalização de jovens.
“Dizer para você que sou 100% honesto, acho que honesto só Jesus Cristo. Mas eu procuro sempre fazer as coisas com transparência”, diz Zoinho. A pedido da Procuradoria Geral da República, o Supremo Tribunal Federal abriu inquérito para investigar o deputado Zoinho sobre a suspeita de gastos irregulares com o aluguel de carros. Agora, o Ministério Público vai pedir informações à Câmara dos Deputados sobre valores reembolsados pelo parlamentar desde janeiro de 2011, e ainda vai visitar as empresas e ouvir testemunhas.
O presidente da Câmara, Henrique Eduardo ALVES, disse que vai tomar providências quanto às despesas de todos os deputados. “Vamos tornar mais rigorosa ainda a fiscalização nesse aspecto da diretoria geral da câmara dos deputados”, garantiu.
A verba para as atividades parlamentares, que inclui o aluguel de carros, varia, por deputado, de R$ 25 mil a R$ 37 mil, por mês. Essa variação depende do estado.
Publicado Por: Allisson Paixão

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA