Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Casal é suspeito de desviar R$ 30 milhões em banco de Porto Alegre Delegado diz que gerente do Santander fazia "pirâmide" com dinheiro dos clientes

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...



Presos em SP01/09/2013 | 14h34

Casal é suspeito de desviar R$ 30 milhões em banco de Porto Alegre

Delegado diz que gerente do Santander fazia "pirâmide" com dinheiro dos clientes

Casal é suspeito de desviar R$ 30 milhões em banco de Porto Alegre Polícia Civil/Divulgação
Casal preso estava morando em apartamento de cobertura no centro de SPFoto: Polícia Civil / Divulgação
Um gerente de banco e sua mulher foram presos em São Paulo pela Polícia Civil gaúcha. Os dois são suspeitos de envolvimento em um esquema que desviava dinheiro de clientes da agência do Santander da Avenida Independência, em Porto Alegre. O prejuízo pode chegar a R$ 30 milhões, conforme o delegado Joel Wagner.
O casal estava morando em um apartamento de cobertura no centro de São Paulo. Os dois tiveram a prisão preventiva expedida pelo Poder Judiciário e vão responder por furto qualificado e estelionato. Eles foram denunciados em julho pela própria instituição financeira e por clientes lesados.
— O que ele fez, na verdade, foi uma pirâmide. Ia pegando dinheiro dos correntistas e investia — explica o delegado Wagner.
O funcionário manipulava valores de um cliente para disfarçar a quantia retirada anteriormente de outra vítima. O delegado Wagner estima que os valores podem chegar a R$ 30 milhões.
O homem, que não teve o nome divulgado, era funcionário do Santander há mais de 20 anos, divulgou a Polícia Civil. A polícia não informou há quanto tempo o golpe era aplicado.
Zero Hora tentou contato com a assessoria de imprensa do banco Santander, mas não teve retorno.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA