Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

domingo, 4 de agosto de 2013

Senador diz que ameaça de ataque da al Qaeda é a mais grave em anos Ameaça levou ao fechamento de embaixadas e consulados neste domingo. EUA também emitiram alerta de que Al-Qaeda pode atacar em agosto.

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...



04/08/2013 12h55 - Atualizado em 04/08/2013 14h21

Senador diz que ameaça de ataque da al Qaeda é a mais grave em anos

Ameaça levou ao fechamento de embaixadas e consulados neste domingo.
EUA também emitiram alerta de que Al-Qaeda pode atacar em agosto.

Da Reuters
4 comentários
A suspeita de um possível ataque da al Qaeda que levou ao fechamento de embaixadas dos Estados Unidos no Oriente Médio, neste domingo (4), é a mais grave em anos, e a comunicação entre os suspeitos de terrorismo é reminiscente do período que precedeu os ataques de 11 de Setembro, disse um parlamentar norte-americano cominformações dos serviços de Inteligência.
O Departamento de Estado norte-americano fechou 22 embaixadas e consulados e emitiu um alerta de viagens informando norte-americanos de que a rede Al-Qaeda pode estar planejando ataques em agosto, especialmente no Oriente Médio e no Norte da África.
"Há uma enorme quantidade de conversas lá fora", disse o senador Saxby Chambliss, principalrepublicano no Comitê de Inteligência do Senado, no programa da NBC "Meet the Press". Ele disse que as comunicações monitoradas eletronicamente entre os suspeitos de terrorismo sobre o planejamento de um possível ataque "lembram muito do que vimos antes do 11 de Setembro."
A ameaça também levou alguns países europeus a fechar suas embaixadas no Iêmen, onde um braço da Al Qaeda se baseia. "Esta é a mais séria ameaça que eu vi nos últimos anos", disse Chambliss.
Uma autoridade do serviço de inteligência dos Estados Unidos disse à agência Reuters que houve discordância dentro da comunidade de inteligência sobre se o alvo em potencial seria o Iêmen ou a região de forma mais ampla, razão pela qual o alerta do Departamento de Estado descreveu que um ataque "pode ocorrer na Península Arábica ou emanar dela."
informação sobre a ameaça também vem às vésperas da celebração do Eid no final do mês sagrado muçulmano do Ramadã, no final desta semana, e pouco mais de um mês antes do aniversário do 11 de Setembro, ocorrido em 2001.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA