Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Polícia flagra menino de 11 anos dirigindo carro em Irani, no Oeste catarinense Pai da criança, que estava sentado no banco do passageiro, alegou que estava com dores

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...





Cena inusitada04/08/2013 | 21h35

Polícia flagra menino de 11 anos dirigindo carro em Irani, no Oeste catarinense

Pai da criança, que estava sentado no banco do passageiro, alegou que estava com dores


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Concórdia flagrou uma cena inusitada por volta das 10h da manhã deste domingo: um menino de 11 anos dirigindo um automóvel na BR-153, em Irani, a 40km da cidade de Concórdia. No carro, estava o pai e a mãe da criança e os dois irmãos mais novos.
O Fiat Uno, com placas de Xanxerê, estava sem o retrovisor esquerdo, sem para-choque, com a porta traseira amassada, banco quebrado e dois pneus lisos.
O policial Lairton Bernardi conta que estava com a viatura em um posto de gasolina e avistou a criança dirigindo o veículo a uma velocidade de 50km/h. Ele seguiu o carro, que parou após 500 metros. Bernardi conta que o pai da criança, que estava sentado no banco do passageiro, alegou que estava com dores na coluna e por isso passou a condução ao filho. O policial acredita que o menino conduziu por cerca de 1,5km.
— Estou há 19 anos na PRF e nunca tinha visto uma cena dessas — comenta.
A família de agricultores vive no interior da cidade de Irani e terá que pagar R$ 1063 para retirar o veículo que ficou retido. Além disso, o pai responderá por entregar a direção a pessoa não habilitada e pelo veículo estar com licenciamento vencido desde 2009.
Zero Hora

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA