Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Governo nega que comboio de Assad tenha sido atacado na Síria Rede 'Al Arabiya' disse que comboio do presidente teria sido atacado. Governo e Exército afirmaram que não passou de 'informação falsa'

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...

08/08/2013 04h50 - Atualizado em 08/08/2013 07h27

Governo nega que comboio de Assad 


tenha sido atacado na Síria

Rede 'Al Arabiya' disse que comboio do presidente teria sido atacado.
Governo e Exército afirmaram que não passou de 'informação falsa'.


O presidente da Síria, Bashar al-Assad, reza ao lado do grande múfti da Síria, Ahmed Hassun, nesta quinta-feira (8) em Damasco (Foto: AP)

o
O presidente da Síria, Bashar al-Assad, reza ao lado do grande múfti da Síria, Ahmed Hassun, nesta quinta-feira (8) em Damasco (Foto: AP)
O governo da Síria negou que um comboio do presidente Bashar al-Asad tenha sido atacado enquanto rumava para uma mesquita nesta quinta-feira (8). "São informações totalmente falsas. O presidente conduzia um veículo. Ele participou de orações e saudou o povo", afirmou o ministro da Informação, Omran al-Zohbi, à televisão estatal.
O Exército da Síria também desmentiu o suposto ataque, ao afirmar que "é completamente falsa" a informação de que o presidente teria sido alvo de um ataque em Damasco. "Nos acostumamos a escutar notícias falsas e mentiras da 'Al Arabiya' e de outros canais financiados pelos países do Golfo", diz a corporação.
Assad "está completamente salvo" e, ainda hoje, estará rezando pela ocasião da festividade do Eid ul-Fitr, a qual simboliza o fim do Ramadã, acrescentou o Exército.
Por sua parte, a agência oficial "Sana" indicou em seu site que o presidente lidera as orações na mesquita dos Omíadas, a mais importante de Damasco, situada no centro histórico da cidade.
A emissora estatal de TV da Síria exibiu imagens de Assad durante as orações.
Islam Alloush, integrante da Brigada Liwa al-Islam, disse à Reuters mais cedo nesta quinta-feira que rebeldes tinham lançado foguetes sobre o comboio de Assad enquanto o presidente seguia para as orações na Mesquita Anas bin Malek, no bairro de Malki, onde fica a residência do presidente.
Outros ativistas também disseram que foram lançados foguetes na área de Malki. Assad estava ileso nas imagens.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA