Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

‘A Fazenda’: Record mais uma vez peca pela falta de transparência ao esconder do público porcentagens da roça

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...



QUARTA-FEIRA, 21 DE AGOSTO DE 2013



‘A Fazenda’: Record mais uma vez peca pela falta de transparência ao esconder do público porcentagens da roça


Bárbara Evans ganhou a imunidade, mas ninguém sabe com qual porcentagem
Bárbara Evans ganhou a imunidade, mas ninguém sabe com qual porcentagem
Já se falou neste espaço que, na tentativa de criar mistério para os espectadores, a direção de “A Fazenda” peca pela falta de transparência. Prova disso é que ninguém sabe com antecedência o conteúdo da arca que é semanalmente aberta durante as votações. Da mesma maneira, quando uma eliminação foi cancelada há algumas semanas, o público percebeu que assistiu a um festival desnecessário de indicações na noite anterior sem o mínimo aviso. Desta vez, no último sábado (17), a produção do reality show decidiu avisar de antemão ao público que esta semana nenhum participante deixaria o programa. Todo o esforço para tornar mais clara a dinâmica da atração, no entanto, foi por água abaixo na roça disputada entre Bárbara, Denise e Yani nesta terça-feira (20).
Como se sabe, as três disputavam uma imunidade. As duas menos votadas terão de ficar no celeiro até o fim de semana. Bárbara saiu vencedora, mas os espectadores não souberam sua porcentagem. Numa tentativa de esconder prováveis favoritismos, a direção optou por esconder a quantidade de votos que cada peoa recebeu. Pegou mal. O público tem o direito de saber o desempenho de cada participante. Ele precisa ver seu voto representado. Existe, inclusive, uma empresa de auditoria contratada para garantir os resultados. Mas como confiar num resultado que não pode ser visto? Difícil.
Num reality show, a graça está em ver os participantes serem surpreendidos. O espectador não só gosta como precisa saber de tudo o que vai acontecer antes. É quase como se ele brincasse de Deus, decidindo o futuro dos confinados. Ao fazer o jogo ser tomado por mistério, a Record peca pela falta de clareza. Há que se ter transparência. Da mesma maneira, necessita-se de melhor planejamento. Se o fato de Denise e Yani irem para o celeiro deveria ser tratado como segredo, certamente ele já caiu por terra, uma vez que Bárbara ouviu as colegas comemorando. Esta é uma das melhores edições já realizadas de “A Fazenda”, mas falta aparar algumas arestas. Certos detalhes e cuidados são fundamentais.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA