Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Tesouro de prata é recuperado em navio naufragado em 1941

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...



  atualizado às 09h47

Tesouro de prata é recuperado em navio naufragado em 1941

Carga alcançaria o valor de US$ 40 milhões

Imagem cedida pela Odyssey exibe lingotes de prata recuperados do navio SS Gairsoppa Foto: AFP
Imagem cedida pela Odyssey exibe lingotes de prata recuperados do navio SS Gairsoppa
Foto: AFP
Mais de 1,5 mil lingotes de prata que pesam no total cerca de 56 toneladas e que jaziam no fundo do mar desde 1941 depois que o navio britânico que os transportava foi torpedeado foram localizados este mês pela sociedade especializada Odyssey.
Os 1.574 lingotes foram localizados a bordo do SS Gairsoppa, que repousa a 4,7 mil metros de profundidade no Atlântico Norte, sudoeste da Irlanda, segundo comunicado da sociedade especializada em recuperação de restos de naufrágios.
A Odyssey não informou sobre o valor desses lingotes, mas, segundo a cotação atual da prata no mercado, o tesouro recuperado valeria US$ 40 milhões.
Imagem cedida pela Odyssey mostra um lingote de prata recuperado do navio naufragado Foto: AFP
Imagem cedida pela Odyssey mostra um lingote de prata recuperado do navio naufragado
Foto: AFP
O navio de carga britânico afundou em fevereiro de 1941 depois de ter sido torpedeado por um submarino alemão durante a Segunda Guerra Mundial, quando navegava de Calcutá para Londres. A Odyssey já havia recuperado em 2012 desse barco 1.218 lingotes, que pesavam 43 toneladas, o que eleva a 2.792 o número de lingotes recuperados e assegurados pelo governo britânico. Segundo um contrato entre a Odyssey e o ministério britânico de Transportes, a sociedade fica com 80% do valor do carregamento resgatado.
Uma nova expedição está em andamento para localizar a carga do vapor britânico SS Mantola, que afundou em 1917 e foi localizado em 2011 pela Odyssey. O SS Mantola transportaria cerca de 20 toneladas de prata.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA