Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Polícia Federal prende 11 suspeitos de práticas ilegais em bloqueios de rodovias

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...



Polícia Federal prende 11 suspeitos de práticas ilegais em bloqueios de rodovias 

Um inquérito para investigar os protestos foi aberto hoje a pedido do ministro 
dos Transportes

Kamilla Dourado, do R7, em Brasília
Segundo o ministro César Borges, as paralisações são pontuaisFabio Rodrigues Pozzebom/13.05.2013/ABr
A Polícia Federal prendeu 11 pessoas suspeitas de praticar crimes durante as paralisações de caminhoneiros pelo País. O ministro dos Transportes, César Borges, disse nesta quarta-feira (3) que os indícios de crime são fortes, mas não deu detalhes sobre os delitos. 
— Por trás desses movimentos há interesses específicos, por isso temos que apurar.
A PF também investiga suspeita “locaute” – paralisação comandada por empresários, prática proibida no Brasil. Nélio Botelho, um dos líderes dos protestos, tem 39 contratos com a Petrobras, que rendem R$ 4 milhões mensais, o que o torna um empresário do setor. Segundo a AGU (Advocacia Geral da União), os contratos de Botelho com a estatal podem ser reincididos.
O inquérito policial foi aberto nesta quarta-feira a pedido do ministro dos Transportes em ofício enviado ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. De acordo com Cardozo, além dessa, outras providências foram tomadas. A Polícia Rodoviária Federal deve acompanhar qualquer paralisação que aconteça em rodovias e deve informá-las às superintendências da PF nos Estados. O órgão também foi orientado a prender em flagrante quem descumpra a lei e poderá multar os manifestantes.
Segundo o ministro da Justiça, haverá punição severa casos os crimes sejam comprovados.
— Está muito claro, nós não vamos transigir com quem transgride a lei. O locaute é uma prática proibida no Brasil, então, portanto, se alguém espera algum tipo de negociação, ilícitos não se toleram.
Desabastecimento
Segundo o governo, os bloqueios não têm prejudicado o abastecimento de produtos no País, como combustível e alimentos. De acordo com o ministro dos Transportes, as paralisações são pontuais.
— Não há nenhum sinal de desabastecimento, até porque o movimento é pontual e ele é minoritário no meio dos caminhoneiros.  
Protestos
Apesar de decisão judicial que proíbe a paralisação de rodovias federais pela categoria, caminhoneiros continuam com os protestos na manhã desta quarta-feira em ao menos cinco Estados do País. Em Minas Gerais, onde liminar da Advocacia Geral da União também proíbe o bloqueio de estradas estaduais sob multa diária de R$ 100 mil, a Fernão Dias (BR 381) foi interditada em trechos dos municípios de Igaparé, Carmópolis, Oliveira e Santo Antônio do Amparo.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA