Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

terça-feira, 16 de julho de 2013

Dilma entrega 1,5 mil casas do Minha Casa Minha Vida em Ponta Grossa

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...


Dilma entrega 1,5 mil casas do Minha Casa Minha Vida em Ponta Grossa!!!

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...



16/07/2013 14h10 - Atualizado em 16/07/2013 14h17



Dilma entrega 1,5 mil casas do Minha 


Casa Minha Vida em Ponta Grossa


Presidente participou de solenidade na cidade paranaense nesta terça (16).
Investimento foi de R$ 74,5 milhões, segundo o Ministério das Cidades.

Bibiana DionísioDo G1 PR
Comente agora
Dilma cumprimentou beneficiários do programa Minha Casa Minha Vida (Foto: Bibiana Dionísio/ G1 PR)Dilma cumprimentou beneficiários do programa Minha Casa Minha Vida (Foto: Bibiana Dionísio/ G1 PR)
A presidente Dilma Rousseff entregou nesta terça-feira (16) 1.438 casas populares do programa federal Minha Casa Minha Vida, em Ponta Grossa, a 115 quilômetros de Curitiba.  A última vez que um presidente esteve na cidade foi em 1991, quando Fernando Collor de Melo estava à frente do país. As residências estão divididas em três conjuntos habitacionais e representam, de acordo com o Ministério das Cidades,  um investimento de R$ 74,5 milhões.
"Nós temos que fazer um grande esforço, porque durante mais de 30 anos não se investiu em habitação popular (...) no Brasil se achou que o povo tinha que se virar. O governo ficou quieto, o povo tinha que se virar para morar", disse Rousseff. Segundo ela, isso ocorreu porque "a conta não fechava". A presidente descartou que, diante desta equação, o governo precisa devolver para a população com menor poder aquisitivo tudo o que é arrecadado pela gestão pública.
As famílias beneficiadas têm renda mensal máxima de R$ 1.600. As casas possuem de 37 a 46 metros quadrados, sendo que as maiores são adaptadas para pessoas com deficiência física. Para a presidente, que disse que ficou orgulhosa de ver as casas de Ponta Grossa, as residências precisam ser de qualidade. "A casa é aquele lugar em que primeiro se busca refúgio, e depois conforto".  Rousseff complementou ao afirmar que casa é sinônimo de carinho.
Beneficiária diz que poderá economizar o dinheiro do aluguel (Foto: Bibiana Dionísio/ G1 PR)Beneficiária diz que poderá economizar o dinheiro do
aluguel (Foto: Bibiana Dionísio/ G1 PR)
A dona de casa Ellen Mendes, de 23 anos, foi umas das que receberam a chave da casa própria, e vai morar no Conjunto Itapoá, após quatro anos de espera. Ela não esconde a alegria. "Estou bastante feliz. É a realização de um sonho, meu e da minha família. Vou ter minha casa e minhas coisas", disse.
Hoje, Ellen paga aluguel de R$ 170,00. Agora, com o Minha Casa Minha Vida vai pagar R$ 40,00 na prestação durante dez anos - uma boa economia para ela e para o marido que trabalhacomo açougueiro em Ponta Grossa.  "Vai ajudar muito e eu ainda vou morar perto da minha mãe e das minhas irmãs", contou a jovem.
A economia de R$ 130,00 tem destino. Ela pretende aderir ao também programa federal Minha Casa Melhor, que permite aos beneficiados do Minha Casa Minha Vida financiar até R$ 5 mil em móveis e eletrodomésticos pela Caixa Econômica Federal. "Vou ter as coisas para mim e para as minhas filhas".
Casas têm entre 37 e 46 metros quadrados (Foto: Bibiana Dionísio/ G1 PR)Casas têm entre 37 e 46 metros quadrados (Foto: Bibiana Dionísio/ G1 PR)
Contrapartida
Por meio da companhia paranaense de habitação (Cohapar), a contrapartida do governo estadual foi R$ 5 mil por residência, praças de integração com academia para a terceira idade, parque infantil, e uma creche para 300 crianças de zero a seis anos. Essa infraestrutura, que ainda será construída, segundo a Cohapar, custará R$ 2 milhões.
"Temos uma garantia sólida de parceria", ressaltou o governador Beto Richa. Segundo ele, no quesito moradia, a meta do governo é entregar em quatro anos 110 mil casas populares.

SERGIO VIANNA: São este programas populares, a alavanca deste Governo, pois bem, acha que abrirão mão disso, claro que não, NADA CONTRA PROGRAMAS SOCIAIS, mas nosso país esta a beira do caus, em termos de industrias, comércios, circulação de dinheiro e  o Governo construindo casas a lompley, com o dinheiro que esta faltando no resto, para fazer mechenday, não cabe, não podemos mais aceitar, este tipo de manipulação, qual seja o patinho feio, com agrado do repique!!!

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA