Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

domingo, 7 de julho de 2013

Dana diz que Spider quer revanche: 'Não há nada que ele queira mais!!!

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...



 - Atualizado em 

Dana diz que Spider quer revanche: 'Não há 



nada que ele queira mais'

Presidente do UFC afirma que dizer que foi armado é idiotice e que derrota de Anderson custou muito dinheiro para ele, St-Pierre e Jon Jones

Por Las Vegas, EUA


Após a derrota de Anderson Silva para Chris Weidman no UFC 162, neste sábado, que encerrou uma sequência de dez defesas de cinturão sem derrota do brasileiro, o Spider declarou que não pretende ter uma revanche contra o americano e até cogitou se aposentar, mas, de acordo com o presidente do UFC, Dana White, não há nada que ele queira mais. O chefão do Ultimate ainda explicou que o revés custou muito dinheiro para Anderson, Georges St-Pierre, e Jon Jones, já que as superlutas perderam o sentido.
- Essa luta custou a GSP, Jon Jones e Anderson Silva muito dinheiro, porque Anderson Silva era a conexão entre as duas superlutas. Anderson Silva já perdeu antes, mas não sabe mais o que é perder. Ele vai ter que lidar com isso por alguns dias, mas eu garanto que não há nada que ele queira mais que uma revanche contra Chris Weidman - disse Dana, na coletiva de imprensa do UFC 162.
Um jornalista perguntou para Dana White sobre as acusações de que o resultado poderia ter sido armado, sendo rapidamente refutado pelo presidente do UFC.
- Dizer que o resultado foi armado é a coisa mais idiota que eu já ouvi na minha vida. Muita gente dizia que Weidman venceria por causa do seu wrestling. Anderson fez um ótimo trabalho ao defender as tentativas de quedas - afirmou.
Dana ainda negou que Anderson Silva tenha sido desrespeitoso contra Chris Weidman. Na opinião do dirigente, foi uma boa luta e as danças, risos e outras brincadeiras do Spider no octógono não foram falta de respeito com o americano.
Dana White coletiva UFC 162 (Foto: Evelyn Rodrigues)Dana White durante a coletiva do UFC 162, em Las Vegas (Foto: Evelyn Rodrigues)
- Anderson Silva é tão talentoso que sabe o tipo de castigo que consegue suportar. Se tivesse vencido hoje, estaríamos dizendo que ele era o maior de todos os tempos, que ele vencia mesmo fazendo tudo o que fez. Não senti como na luta dele contra Demian Maia. Aquele dia eu queria me matar, a luta foi horrível. Hoje, não. A luta foi muito boa, os dois lutaram e tentaram vencer, e Anderson foi nocauteado espetacularmente. Ele foi desrespeitoso? Não sei. É uma luta, os caras se acertam na cara, arrancam suas cabeças fora e tem que se respeitar. Eu estou suado, meu paletó está ensopado, quase desmaiei duas vezes... foi um momento memorável. Eu gostaria de fazer a revanche sábado que vem (risos) - concluiu.
Sobre Vitor Belfort, que de imediato iniciou campanha para enfrentar Weidman, Dana afirmou que sua cabeça está totalmente na revanche entre o americano e Anderson:
- Nem estou pensando em Vitor Belfort agora. Recebi 172 mensagens de Vitor hoje. E ele é um homem de Deus, mas ele certamente me xingou em várias delas. Eu respondi a todas elas com "Revanche".

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA