Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

terça-feira, 23 de julho de 2013

'Cristo bota fé nos jovens', diz papa em português ao chegar no Brasil

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...



'Cristo bota fé nos jovens', diz papa em português ao chegar no Brasil

Por iG São Paulo 
Texto

Líder da Igreja Católica se esforçou para passar uma mensagem que usasse referências culturais brasileiras

Em português, o papa Francisco “pediu licença” para entrar no “imenso coração brasileiro” em seu primeiro pronunciamento no País, onde desembarcou nesta segunda-feira (22) para participar da Jornada Mundial da Juventude no Rio deJaneiro. O pontífice falou aos jovens e se esforçou para passar uma mensagem que usasse referências culturais brasileiras.
Papa toca criança durante passeio pelas ruas do Rio de Janeiro. Foto: Associated Press
1/36
"O motivo principal da minha presença no Brasil, como é sabido, transcende as suas fronteiras. Vim para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Vim para encontrar os jovens que vieram de todo o mundo, atraídos pelos braços abertos do Cristo Redentor. Eles querem agasalhar-se no seu abraço para, junto de seu coração, ouvir de novo o Seu potente e claro chamado: 'Ide e fazei discípulos entre todas as nações'", afirmou antes de complementar. "Cristo bota fé nos jovens".
O discurso aconteceu no Palácio da Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro, na presença da presidente Dilma Rousseff, do governador Sérgio Cabral e do prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes, entre outras autoridades.
“Quisemos que a primeira viagem internacional me consentisse o direito de voltar à América Latina, mais precisamente ao Brasil, dos profundos sentimentos de fé e amizade. Aprendi que, para ter acesso ao povo, preciso ingressar pela porta de seu imenso coração. Permitam-me que eu possa bater delicadamente a esta porta. Peço licença para entrar e transcorrer esta semena. (...) Os braços do papa se alargam para abraçar a imensa nação brasileiro, desde o Amazonas até os Pampas. Ninguém se sinta excluído do afeto do papa”, afirmou.
Ele agradeceu ainda a própria presidente Dilma antes de afirmar que não traz riquezas. "Não tenho ouro, nem prata, mas trago o que de mais precioso me foi dado: Jesus Cristo. Venho em seu nome para alimentar a chama de amor fraterno que arde em cada coração, desejo que chegue a todos e a cada um que a paz de cristo esteja com vocês. Saúdo a senhora presidenta. Obrigado pelo seu generoso acolhimento e por suas palavras que externaram alegria dos brasileiros pela minha presença", acresentou.
*Com informações da Agência Estado

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA