Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

quinta-feira, 18 de julho de 2013

A recente imagem mostra o "frenesi" dos "manifestantes" invasores, "acampados" na câmara municipal de Porto Alegre

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...

MAS QUE BARBARIDADE!!!
A recente imagem mostra o "frenesi" dos "manifestantes" invasores, "acampados" na câmara municipal de Porto Alegre. Realmente este país está virando uma zorra: de um lado uma classe política, por meio de uma inquestionável maioria de seus membros, que não nos representa e, ao contrário disso, vale-se do poder para legislar em benefício próprio e se locupletam no poder e, do outro lado uma "galerinha" nada consciente e inconsequente que se vale, com objetivos duvidosos, de meios equivocados, alegadamente para se insurgir àqueles, pretensamente nos representando. O desrespeito às instituições é inadmissível, e o Estado (que até se entende porquê está acovardado, posto que sem moral nenhuma) não deve permitir esse tipo de desrespeito às instituições.
Com todo respeito àqueles que entendem em contrário e veem nesses invasores "os jovens que estão fazendo a diferença", agindo de fato e não ficando "resmungando no sofá" (revolucionários do sofá) como adoram dizer, mas entendo que, para nos insurgirmos contra essa "zorra" que estão nosso executivo e legislativo, em todos os âmbitos, temos que agir sim, sem dúvidas, no entanto, toda ação para atingir os objetivos de forma satisfatória, deve ser precedida de raciocínio, análise, planejamento e estratégia, sob pena de, assim não fazendo, restarem os seus "agentes" como meros reclamões e baderneiros. Assim se mostrou o "Gigante", que gritou, esperneou, brigou, mas, por não saber o que fazer, diante de seus tantos "quereres", voltou a dormir... E os ora peladões da câmara municipal de Poa... Bom, desses nem vou comentar... Apenas devo lembrar que:
"A desordem civil leva a mais governo, não menos. Ela pode até derrubar um governo, mas cria uma situação na qual as pessoas desejam outro, e mais forte. O regime de Hitler, por exemplo, veio depois do caos dos anos de Weimar. O comunismo russo é um segundo exemplo, uma lição pela qual pagaram os anarquistas de Kronstadt. Napoleão é um terceiro."

Fernando Azeredo.












A recente imagem mostra o "frenesi" dos "manifestantes" invasores, "acampados" na câmara municipal de Porto Alegre. Realmente este país está virando uma zorra: de um lado uma classe política, por meio de uma inquestionável maioria de seus membros, que não nos representa e, ao contrário disso, vale-se do poder para legislar em benefício próprio e se locupletam no poder e, do outro lado uma "galerinha" nada consciente e inconsequente que se vale, com objetivos duvidosos, de meios equivocados, alegadamente para se insurgir àqueles, pretensamente nos representando. O desrespeito às instituições é inadmissível, e o Estado (que até se entende porquê está acovardado, posto que sem moral nenhuma) não deve permitir esse tipo de desrespeito às instituições.
Com todo respeito àqueles que entendem em contrário e veem nesses invasores "os jovens que estão fazendo a diferença", agindo de fato e não ficando "resmungando no sofá" (revolucionários do sofá) como adoram dizer, mas entendo que, para nos insurgirmos contra essa "zorra" que estão nosso executivo e legislativo, em todos os âmbitos, temos que agir sim, sem dúvidas, no entanto, toda ação para atingir os objetivos de forma satisfatória, deve ser precedida de raciocínio, análise, planejamento e estratégia, sob pena de, assim não fazendo, restarem os seus "agentes" como meros reclamões e baderneiros. Assim se mostrou o "Gigante", que gritou, esperneou, brigou, mas, por não saber o que fazer, diante de seus tantos "quereres", voltou a dormir... E os ora peladões da câmara municipal de Poa... Bom, desses nem vou comentar... Apenas devo lembrar que:
"A desordem civil leva a mais governo, não menos. Ela pode até derrubar um governo, mas cria uma situação na qual as pessoas desejam outro, e mais forte. O regime de Hitler, por exemplo, veio depois do caos dos anos de Weimar. O comunismo russo é um segundo exemplo, uma lição pela qual pagaram os anarquistas de Kronstadt. Napoleão é um terceiro."

Fernando Azeredo.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA