Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

sexta-feira, 7 de junho de 2013

IDOSOS SÃO VÍTIMAS DE MAUS TRATOS EM ASILO CLANDESTINO EM CANOAS...

Denúncia - 07/06/2013 09h43
Atualizado em 07/06/2013 09h46

Idosos são vítimas de maus tratos em asilo clandestino em Canoas

Mulher afirma ter sido mantida presa em asilo clandestino há um ano


COMPARTILHE:  0  0 Orkut0 
 

Tamires Souza

Canoas  - Um asilo clandestino que poderia ser considerado um verdadeiro depósito de idosos. Neste local a falta de higiene podia ser percebida em todos os cômodos e era nesta casa, na Rua Santos Ferreira, no bairro Marechal Rondon, que quatro pessoas viviam. “Eu dormia com os ratos passando por cima de mim”, relata uma das moradoras, de 73 anos, que estima ter vivido na casa por um ano.
Não bastasse a sujeira, os idosos seriam alimentados com restos de comida e, em alguns casos, até com alimentos vencidos, segundo relato de uma das moradoras. “Eles nos davam carne, frios e frutas estragados. Eu quase nem comia, porque era muito nojento”, relembra.
A casa que foi fechada pela Brigada na manhã de ontem e passou por vistoria da Vigilância em Saúde. Conforme o diretor Paulo Zubaran, o local, "que está longe de poder ser chamado de lar", não tinha documentação para funcionar.
“É um crime contra a saúde pública, um local que não tem as mínimas condições de receber idosos”, ressaltou Zubaran.
Socorrista fez a denúncia
O caso foi descoberto após um chamado do Samu, porque um dos idosos estaria passando mal, na noite de quarta. O socorrista denunciou o caso para a BM. O homem indicado como responsável pelo asilo clandestino foi conduzido para Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para esclarecimentos e liberado em seguida.
Mais registros de violência
Há uma semana, o Diário de Canoas mostrou que os idosos têm o maior número de denúncias por ocorrências de maus tratos, entre os cartórios especializados da cidade. De acordo com a delegada Sabrina Deffente, que coordena o Cartório do Idoso, foram 78 registros desde março até a última quinta-feira.
“Com maior frequência são casos de abuso financeiro por filhos ou parentes, que se apoderam do cartão de benefício do idoso e dão a ele apenas itens básicos de sobrevivência”, destaca a delegada.
Moradores seriam impedidos de sair da casa
Além da falta de condições para habitação, uma moradora afirma que todos eram mantidos trancados na casa e impedidos até de abrir as janelas. “A gente não podia sair, só para ir ao banco e ele nos acompanhava”, conta a idosa se referindo ao responsável pelo local. Segundo ela, o dinheiro da aposentadoria, de um salário mínimo, ficava com o homem para custeio das despesas dela na casa.
“Tudo será averiguado e se a situação for confirmada poderá ser considerado o crime de cárcere privado, além de maus tratos contra idoso”, explica a titular da 3ªDPe do Cartório do Idoso em Canoas, Sabrina Deffente, que vai investigar o caso. O homem indicado como cuidador dos
idosos defende que mantinha o local apenas para ajudar os idosos desabrigados.
Encaminhados para abrigo
Três dos quatro idosos do asilo clandestino foram encaminhados para o Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), por apresentarem sinais de maus tratos. Segundo a Prefeitura, eles foram liberados na tarde de ontem e junto com outra idosa, que também vivia na casa, levados para um
abrigo do município. Ainda conforme informações do Município, as famílias das vítimas estão sendo localizadas.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA