Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

MENSALÃO II

Este blog, tem como finalidade, êxpor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergencias ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro...


Peluso vota pela condenação de Cunha, Pizzolato e grupo de Marcos Valério

Compartilhe
  
Ministro sugeriu 6 anos de reclusão como pena para o ex-presidente da Câmara
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Cezar Peluso votou nesta quarta-feira (28) pela condenação do deputado federal João Paulo Cunha no processo do mensalão nos crimes de corrupção passiva e peculato. Ele também decidiu condenar Marcos Valério e os sócios Cristiano Paz e Ramon Hollerbach por corrupção ativa e peculato por desvios na Câmara.
Sobre os desvios no Banco do Brasil, Peluso também condenou o grupo de Valério por corrupção ativa e peculato e o ex-diretor Henrique Pizzolato por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.
Sobre à acusação de lavagem de dinheiro contra Cunha, Peluso absolveu o parlamentar por entender que não houve ocultação.
Com o voto de Peluso, são cinco os ministros que decidiram que João Paulo Cunha é culpado de corrupção passiva e peculato. Outros quatro já tinham votado pela condenação em sessões anteriores: Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia e Joaquim Barbosa.
A sessão desta quarta marca o último voto dado pelo ministro Cezar Peluso no Supremo. Ele deixa o tribunal na próxima segunda (3), idade-limite para aposentadoria dos ministros da corte.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA