Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

VASCO X UNIVERSITÁRIO - DERROTA AMARGA - PARA FINADOS!!!!

Este blog, tem como finalidade, êxpor as mazelas, do dia a dia, prejudiciais, de forma que possamos, nos defender ou auxiliar alguem com informações, baseadas em fatos, se observados, sempre consta nos. ocorrências e processos dos fatos narrados, divergencias ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro... Sergio Vianna - Leiloeiro Oficial..

Com apenas três titulares, o Vasco foi à Lima, no Peru, onde acabou derrotado por 2 a 0 para o Universitario pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Com pouquíssimas oportunidades de gol criadas, a equipe comandada por Cristovão Borges atuou muito mal, principalmente na defesa, e agora vai ter que reverter a desvantagem de dois gols na próxima quarta-feira, em São Januário.

Vasco x Universitario



Foto 6 de 15 - Fagner e Pablo Vitti disputam a bola pelo alto, no confronto entre Vasco e Universitario. em Lima, no Peru Mais EFE/Paolo Aguilar
O time carioca começou procurando jogar de igual para igual com os peruanos, mas invariavelmente deixava espaços na zaga. E em sua primeira oportunidade real de gol, o Universitário, que atacava muito pela esquerda nas costas de Fágner, ameaçou aos nove minutos num chute de Ruidíaz, que saiu fraco. Pouco depois, Vitti assustou ao chutar rente à trave direita de Fernando Prass.
Já aos 21 minutos, o panorama da partida havia mudado pouco: o Vasco buscando o ataque, com boastentando as triangulações, mas marcando mal. Tanto que o primeiro gol peruano não saiu por muito pouco quando Fano recebeu cruzamento e cabeceou no contrapé de Prass. Na hora e no lugar certos, Nilton apareceu para tirar a bola praticamente em cima da linha.
A partir daí, a vocação ofensiva cruzmaltina sumiu, e essa falta de ousadia acabou sendo fatal. Aos 36, Torres invadiu a área e foi derrubado por Diego Rosa. Um minutos depois, Ruidíaz bateu bem, com força, e fez 1 a 0 para os donos da casa.
Já de volta para a etapa complementar, o Vasco tinha a mesma formação e igual falta de inspiração. Aos 13 minutos, o time conseguiu criar sua melhor chance com uma bola chutada de dentro da área por Alecsandro que foi para fora e só. Para piorar, logo depois veio o segundo castigo. Aos 14, Fano recebeu belo passe e, na mesma linha de Douglas, arrancou para tocar na saída de Prass: 2 a 0.
Com a desvantagem maior no placar, o Vasco tentou ficar mais ofensivo, com a entrada de Leandro no lugar de Diego Rosa, mas as chances de gol continuavam escassas. Quem mais procurava jogo pelo lado vascaíno era o meia Bernardo que tentava jogadas individuais e de bola parada, o que acabou sendo insuficiente para evitar a derrota.

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA