Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

domingo, 6 de novembro de 2011

ESTES CRIMES ESTÃO SENDO FINANCADOS PELA JUSTIÇA

Este blog, tem como finalidade, êxpor as mazelas, do dia a dia, prejudiciais, de forma que possamos, nos defender ou auxiliar alguem com informações, baseadas em fatos, se observados, sempre consta nos. ocorrências e processos dos fatos narrados, divergencias ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro... Sergio Vianna - Leiloeiro Oficial...

Este blog, tem como finalidade, êxpor as mazelas, do dia a dia, prejudiciais, de forma que possamos, nos defender ou auxiliar alguem com informações, baseadas em fatos, se observados, sempre consta nos. ocorrências e processos dos fatos narrados, divergencias ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro... Sergio Vianna - Leiloeiro Oficial.....


JUIZ NÃO VÊ LIGAÇÃO DE SUSPEITO COM TRÁFICO QUE FICOU 10 DIAS NA PRISÃO


REVIRAVOLTA. Leiloeiro diz que foi vítima de prisão injusta - ZERO HORA, 22/07/2011

Apontado pela Polícia Civil como responsável pelo assassinato de um jovem de 24 anos e suspeito de liderar o tráfico de drogas na Ilha dos Marinheiros, um leiloeiro foi solto depois de ter ficado 10 dias na prisão. O caso teve uma reviravolta na Justiça, que não viu qualquer ligação entre Sérgio Luís Martins Vianna, 46 anos, com a morte de Augustinho Ferreira dos Santos Junior, em maio de 2010.


Preso preventivamente por ordem judicial no dia 8 de julho, desde segunda-feira o leiloeiro está livre.

– Fiquei 10 dias preso injustamente em um inquérito mal feito, para me prejudicar. Sempre ajudei a comunidade e nunca me envolvi com qualquer crime – afirma.

O juiz substituto no processo, Leandro Raul Kippel, entendeu que a denúncia oferecida pelo Ministério Público – baseada no inquérito policial – não tinha elementos suficientes para incriminar Vianna. “Em momento algum há nos autos referência de ajuste prévio dele com os outros dois denunciados para cometer o crime. Também não há indício de que tenha dado abrigo aos dois depois de cometido o homicídio. A simples inferência de participação não pode justificar a denúncia”, diz o juiz na decisão.

A prisão preventiva decretada pelo mesmo juiz considerava o risco de que o leiloeiro interferisse na investigação. A denúncia do promotor André Gonçalves Martinez contra Vianna também incriminou Adriano Pereira da Silva, 25 anos, e Roberto Pereira da Silva, 27 anos. Irmãos, os dois continuam presos, sob suspeita de terem matado Augustinho. São funcionários de Vianna em sua propriedade, na ilha.

O Tribunal de Justiça esclarece, porém, que o caso não foi encerrado. Todos os envolvidos serão notificados e podem apresentar novos elementos ao processo. Conforme a polícia, Vianna manteria um aparato de segurança para proteger o tráfico. Segundo o leiloeiro, o aparato servia para afastar pessoas que dirigiam carros em alta velocidade e criminosos que desovavam veículos no local.

Contraponto - O que diz o delegado Arthur Raldi: Para o titular da 2ª Delegacia de Homicídios, a decisão da Justiça foi surpreendente. A comprovação do domínio da Ilha dos Marinheiros, para a polícia, estaria no aparato de segurança criado pelo leiloeiro na principal rua do bairro. Havia pelo menos quatro cancelas, quebra-molas e câmeras de vigilância. Tudo para proteger o tráfico de drogas.

COMENTÁRIO SÉRGIO VIANNA: Olhem bem o que diz o Delegado falsario, ladrão, Arthur Raldi, com base em um aparato de segurança, da minha propriedade, foi o fundamento legal dos relatórios deste delegado, imaginatórios, ilusivos, de quem tem segurança em suas casas e propriedades, é traficante, ou mandante, policial, bobalhão, lacaio, falsario, incopetente, desqualificado, em outras entrevistas, que serão objetos de denucias crime contra este falsario, ele cria detalhes dos mais absurdos possiveis, poderia este falsario policial ser criador de desenho animado, imagina olhando todos os filmezinhos, aquelas coisinhas impossiveis, do
Tom e Gerri, do Pica pau, fazendo, são semelhantes ao sistema operacional deste policial, a 2a. DP de homicidios esta bem de Delegado, uns denunciados pelos crimes de aborto, este falsificando inqueritos e relatorios, como se estivesse criando revistinhas infantis. e a justiça, anuindo estas palhaçadas, isso só no Brasil, não estou falando historinha, tirando ou acrescentando, são fatos, estão nos inqueritos e processos, esta na Corregedoria, esta no MP, esta na Cordenadoria do MP, será transformado em processo crime contra esta corja de desqualificado, sim, só uma questão de tempo, aguardem...



O TRIBUNAL SE MANIFESTOU DIZENDO QUE NÃO ACABOU, correto claro que não acabou, ou o Tribunal acha, que vão financiar um crime policial, contra alguem e vai acabar assim, claro que não, a justiça foi omissa aos erros e negligência deste policial e sua equipe e o Estado deve responder por isso sim, então correta a posição do Tribunal, realmente não acabou e nem vai acabar assim...os casos de policia criminosos acontecem, por existir no sistema declarações e depoimentos de imcopetentes dentro do Tribunal, que não analizam a causa os fatos, ficam amenizando situações, parece que as vids e as pessoas não tem valor, nas palaras destes cafazestes, pagos para proteger e fazer justiça, ao contraro usam o sistema para cometer injustiças - MAZELAS DA JUSTIÇA

POSTAGENS DE SERGIO VIANNA