Postagem em destaque

CARTA DE DEMISSÃO DA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA (11.05.2016)

Este blog, tem como finalidade, expor as mazelas, as quais convivemos em nosso dia a dia, sempre baseado em informações, divergências ou rej...

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

HISTÓRINHA DO SR. HITTLER E SUA TURMA

Este blog, tem como finalidade, êxpor as mazelas, do dia a dia, prejudiciais, de forma que possamos, nos defender ou auxiliar alguem com informações, baseadas em fatos, se observados, sempre consta nos. ocorrências e processos dos fatos narrados, divergencias ou rejeições, fazem parte, nem cristo agradou, que dirá um mero leiloeiro... Sergio Vianna - Leiloeiro Oficial...

CRIME POLICIAL, FINANCIADO PELA JUSTIÇA E MAIS...



Segunda feira, 24 de outubro de 2011, 01:12:43



noreply@blogger.com (Sergio Vianna Leiloeiro)


Sou o leiloeiro, pessoa que esteve por dez dias nas manchetes dos jornais, sendo tratado e rotulado, pelos diversos órgãos de imprensa, sem estes terem os cuidados necessários a ética, do respeito, do direito ao contraditório, acreditaram num ato diabólico, de um delegado (Arthur Raudi), este desqualificado, mentiroso, falsario, ladrão, usando da ganancia de aparecer, se destacar perante a sociedade, agregou seu poder, com interesses de uma quadrilha de pessoas que não respeitam o próximo, que não tem amor proprio, nem mesmo a seus filhos, ou seja baseado em tres falsos depoimentos, de pessoas ligadas comprovadamente ao crime (Inquerito 798/2011), o falsario policial, nem se quer ouviu o outro lado, nada de intimações e depoimentos,nada de investigação, mas usou relatórios de policiais que assinaram, com falsas acusações, mancomunado com um policial que na prisão de parte da quadrilha, esteve na delegacia (4a.DP),visitando e conversando com os presos vulgo (Centeno), este esteve em frente minha propriedade por mais de uma vez,que usa o sistema da Delegacia de Viamão para consultas e informações aos amigos da quadrilha e a familiares dos mesmos, fatos estes que, destruiu por dez dias minha casa, meu trabalho e minha familia, estendendo a meus funcionários e familiares as consequencias, atos irreparáveis, com cicatrizes jamais curáveis, mesmos com todas as indenizações homologadas, mesmo com todos os processos de calunias, injurias e difamações, a ferida continua aberta, pois são 46 anos de vida, com uma familia construida, seis filhos, nem se quer cigarro na minha casa existe, fui tachado de traficante quadrilheiro e assassino, por uma quadrilha formada, por maus policiais coligados com pessoas sem valor familiar, resta agora forças para correr atras deste prejuizo, honrando as cuecas que uso em nome de meus filhos e netos e demais pessoas que me cercam, irei ultrapassar as mazelas da justiça, contra estes maus feitores, do contrario, para quantos mais, eles irão fazer a mesma coisa...RECENTEMENTE, FOI DESCOBERTO MAIS FALCATRUAS NO INQUERITO QUE VIROU PROCESSO NO JECCRIM DO FORO SARANDI, AS BARBARIDADES QUE ESTE DELEGADO FALSARIO COLOCOU NAQUELE INQUERITO, É DE DAR NOJO, PELO MENOS PARA UMA COISA VAI SERVIR, PARA ENROLAR OS PÉS DO PROPRIO FALSARIO, E PARA FUNDAMENTAR AS AÇÕES INDENIZATORIAS, ESTOU PROVIDENCIANDO CÓPIAS E REPRESENTAÇÃO NA CORREGEDORIA DA JUSTIÇA, FATOS COMO ESTE NÃO PODE FICAR A MERCE, DAQUELES QUE ESTÃO COM A RESPOSABILIDADE DE VER, ESTÃO DORMINDO EM CIMA DOS PROCESSOS E NADA VENDO, OS FILHOS DA JUSTIÇA CEGA, O ESPIGÃO DAS MAZELAS DO JUDICIARIO...


FATOS BASEADOS: No inquerito policial 414/2011 2a. DP /Homicidios POA, Inquerito 798/2011, 4a. Delegacia POA e ocorrências feitas por mim de, nos. 5762/2011; 5763/2011; 5764/2011 e 5765/2011 - Todas contra o Delegado Artur Raudi sua quadrilha e agregados, que consistem em Falsidade Ideologica, Denunciação caluniosa, furto, e atentado contra a justiça.

OBS: Com atos em andamento na Corregedoria de Policia, tambem cópias endereçadas, com pedido de termo de depoimento ao Ministerio Publico Estadual, para medidas judiciais cabíveis ao caso, não muito raro no Brasil e perece que em nosso Estado, esta virando rotina, bem pior...e por fim, meu nome foi desqualificado de qualquer denuncia, conforme despacho do dia 18.07.2011, nos autos do processo n. 001/211.0071123-4 1a. Vara do Juri de Porto Alegre;


DESPACHO:


Diz o Sr. Magistrado Dr. Leandro Raul Klippel em seu respeitável despacho -=; Rejeito a denúncia com relação ao acusado SÉRGIO LUIS MARTINS VIANNA, com fulcro no art. 395, III, do CPP. (grifo original)


E por fim esta no BLOG, certidão Narratoria Crime, me inocentando de qualquer denúncia, datada de 19.08.2011 - Todas as informações a disposição pelo fone 30.31.55.86 ou via email.

PUBLICAÇÃO COM CÓPIA PARA AS DIREÇÕES DOS FOROS, COM PEDIDO PARA REMETER CÓPIAS AS VARAS CRIMINAIS, PARA QUE ESTE CANALHA NÃO ATENTE MAIS CONTRA A JUSTIÇA, SÓ O FARÁ AGORA SOMENTE COM PERMISSÃO E ANUENCIA, NÃO POR FALTA DE CONHECIMENTO DOS ATOS DO DELEGADO MAL FEITOR (ARTHUR RALDI -O FALSARIO)
.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.



MATERIA DO DELEGADO FALSARIO ARTHUR RALDI NO LINCK DA POLICIA CIVIL-RS



Segunda feira 24  de outubro de 2011, 00:03:39



noreply@blogger.com (Sergio Vianna Leiloeiro)


NOTA EMITIDA PELO FALSARIO DELEGADO ABAIXO


O Estado do RS Agência de Notícias

História da Polícia Civil


O Patrono

AtribuiçõesComunicaçãoComunicaçãoNotícias

Eventos

Avisos
Áudio, Vídeo e FotosServiços e InformaçõesServiços e InformaçõesCampanha Nacional do Desarmamento 2011

Dicas de Segurança

Guia de Recolhimento de TaxasPágina Inicial > Notícias VoltarRSSCompartilharImprimirA+A-Notícias Publicado em 08/07/2011 10:45


Atualizado em 08/07/2011 16:40 Operação Minha Ilha resulta na prisão de dois homens suspeitos de homicídio Agentes da 2ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Desaparecidos (DHD), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), desencadearam, na manhã desta sexta-feira (08/07) a Operação Minha Ilha. Foram utilizadas oito viaturas, 20 agentes, coordenados pelo Delegado Arthur Teixeira Raldi para dar cumprimento a dois mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão. Dois homens, de 56 e 25 anos, foram presos em suas residências na Ilha dos Marinheiros , por tráfico de drogas e por homicídio. Após as formalidades legais, os presos serão encaminhados ao Presídio Central.

Segundo o delegado Raldi, a origem da investigação partiu de um homicídio ocorrido em maio de 2010, na Ilha dos Marinheiros. Lá havia regime de terror imposto pela dupla, com a instalação de diversos quebra-molas, cancelas e câmeras para monitorar e revistar os carros que entrassem e saíssem da localidade. Um jovem, de 24 anos, teria se rebelado e se desentendido com um dos homens, que para demonstrar poder, teria efetuado cerca de três disparos no peito da vítima que veio a falecer no local. Em que pese não tenham sido apreendidas armas, muito provavelmente em virtude do monitoramento da área por meio de câmera, já sabendo quando do ingresso da polícia no início da localidade, foram localizadas e apreendidas diversas munições de calibre 38 (utilizada no crime) e 12 - complementa o delegado.



Fonte: 2ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Desaparecidos (DHD) / DEIC







POSTAGENS DE SERGIO VIANNA